segunda-feira, 14 de maio de 2018

Lúcuma


A lúcuma em pó é feita a partir da fruta subtropical Pouteria lucuma, nativa do Peru. O pó ou farinha de lúcuma é vendido como um adoçante natural. Em 100 g de lúcuma em pó temos 329 kcal; 87 g de carboidratos; 4 g de proteína; 2,4 g de gordura e 2,3 g de fibras. Ainda, ela contém minerais como potássio, sódio, cálcio, magnésio, fósforo e ferro; vitaminas do complexo B e betacaroteno.

A vitamina B3 (niacina) contida na lúcuma é importante para o metabolismo energético do corpo e o betacaroteno, além de formar a vitamina A no organismo, tem atividade antioxidante e melhora o sistema imune.

A lúcuma em pó pode ser usada para adoçar sucos, smoothies, iogurte natural e em receitas como bolos e biscoitos. E é uma alternativa mais saudável por apresentar menor índice glicêmico que o açúcar.

O óleo da semente de lúcuma possui uma combinação de ácidos graxos com efeito anti-inflamatório que promove a cura de feridas e outros problemas de pele.

Texto elaborado por: Patrícia Bertolucci

Nutricionista pela Universidade Federal de Goiás – UFG.

Assessoria a Clubes e Empresas ligadas ao esporte ou com interesse em qualidade de vida.

Responsável pela empresa Patrícia Bertolucci Consultoria em Nutrição.

 As informações contidas neste blog, não devem ser substituídas por atendimento presencial aos profissionais da área de saúde, como médicos, nutricionistas, psicólogos, educadores físicos e etc. e sim, utilizadas única e exclusivamente, para seu conhecimento.

Nenhum comentário: