terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Saladas





Um dos alimentos mais comuns em nossa alimentação são as hortaliças, e o consumo delas está associado ao conceito de uma alimentação saudável, de prevenção de doenças e bem estar.

As hortaliças são alimentos importantes na dieta, pois fornecem nutrientes, contêm baixos teores de calorias e gordura e são ricas em fibras e carboidratos complexos.

As fibras alimentares presentes nas hortaliças, não são digeridas por nosso organismo, porém a presença de bactérias no nosso trato gastrointestinal (colón principalmente) permite que este composto seja fermentado a ácidos láticos e ou ácidos graxos.

Uma das principais funções das fibras é prevenir a prisão de ventre (aumenta o bolo fecal) e auxiliar na redução do colesterol (as fibras se complexam com as gorduras presentes no alimento). Estudos também comprovam sua eficácia na prevenção da obesidade, câncer de cólon e doenças relacionadas ao coração.

Os antioxidantes, também presentes nas hortaliças, auxiliam no combate a formação de radicais livres. Substâncias estas altamente reativas que podem dar início a processos cancerosos ao infringir danos ao DNA.

Além dos antioxidantes as hortaliças possuem carotenoides como a luteína e a zeaxantina que estão associados à redução do risco de catarata e degeneração macular. Fontes destes carotenoides são o brócolis, couve-de-bruxelas, espinafre e salsa. 



Muitos destes vegetais também são fontes de vitamina C como o repolho, brócolis, couve-flor, espinafre, pimentão. Dietas ricas em vitamina C tem sido relacionadas a redução de algumas formas de câncer e doenças cardiovasculares.

Outro grupo importante de compostos presentes nas hortaliças são os glicosinolatos. Devido a sua ação detoxificante essas substâncias agem principalmente prevenindo e combatendo a formação de tumores, bem como reduzindo risco de alguns tipos de cânceres como o de mama, útero e estômago.

Apesar dos diversos benefícios propiciados por esse grupo alimentar, o consumo de hortaliças no dia a dia ainda esta muito aquém da necessidade diária associada aos benefícios a saúde. Então, após ter lido todo esse artigo não lembrem só das hortaliças na hora da dieta, insira-as em sua alimentação diária e viva com mais saúde e disposição.

As informações contidas neste blog, não devem ser substituídas por atendimento presencial aos profissionais da área de saúde, como médicos, nutricionistas, psicólogos, educadores físicos e etc. e sim, utilizadas única e exclusivamente, para seu conhecimento.

Referências Bibliográficas:

Aranha, JB. Não lembre só da salada na hora da dieta. Grupo de Estudos em Alimentos Funcionais – GEAF, ESALQ/USP. Disponível em: www.grupoalimentosfuncionais.blogspot.com.br

Carvalho PGB; Machado CMM; Moretti CL; Fonseca, ME N. 2006. Hortaliças como alimentos funcionais. Horticultura Brasileira



Postar um comentário