sexta-feira, 21 de abril de 2017

Dicas Para Redução de Peso



A obesidade não é simplesmente uma questão de excesso de gordura corporal, mas uma doença que leva ao aumento de risco de doenças cardiovasculares, diabetes, doenças musculoesqueléticas e algumas formas de câncer.

O tratamento da obesidade, para dar bons resultados, deve envolver os seguintes aspectos:

Faça uma alimentação fracionada: procure realizar 5 a 6 refeições por dia, com menor volume. As três refeições principais, com lanches nos intervalos. No jejum prolongado, o metabolismo tende a diminuir, reduzindo o gasto calórico e proporcionando mais fome.

Consuma alimentos ricos em fibras: para ter mais saciedade é importante consumir diariamente legumes e verduras (3 a 5 porções), frutas (3 porções) e cereais integrais (arroz, massas, pães e biscoitos integrais). Prepare uma salada bem colorida, pode incluir frutas e faça um molho à base de limão, mostarda, iogurte light ou outros de sua preferência.

Modere o consumo de gorduras: prefira as carnes magras – peito de aves, peixes em geral, carnes bovinas (alcatra, patinho, coxão mole, lagarto), lombo sem gordura, preferencialmente cozidos, assados e grelhados. Mesmo as gorduras de origem vegetal, como azeite e outros óleos, devem ser consumidas com moderação, pois fornecem muitas calorias (9kcal/g). Capriche nas ervas, tais como alecrim, manjericão, orégano, salsinha, cebolinha, para dar mais sabor às preparações.

Modere o consumo de alimentos fonte de carboidratos: pães, biscoitos, massas, tortas, bolos e evite os produtos fabricados com farinha refinada. Evite também o consumo de açúcar, doces de modo geral e refrigerantes.

Mastigue bem os alimentos e aprenda a saboreá-los: a mastigação estimula o centro da saciedade (localizado no cérebro) e este processo demora cerca de 20 minutos para ocorrer, tempo mínimo que você deve dedicar à sua refeição. Procure saborear os alimentos e coma com prazer.

Beba muita água durante o dia (6 ou mais copos): a água é importante para a hidratação, bom funcionamento renal e intestinal, além de ajudar na eliminação de toxinas. Experimente acrescentar casquinhas de limão, hortelã ou gengibre para aromatizar a sua água.

Atenção ao consumo de bebidas alcoólicas: são muito calóricas, por exemplo: 1 taça de vinho (180ml), 1 dose de whisky (50ml), 1 lata de cerveja (355ml) fornecem em torno de 150 calorias.

O que consumir nos intervalos das refeições?

● Fruta in natura (maçã, pera, banana, ameixa, nectarina, salada de frutas);
● Barras de cereais ou sementes;
● Frutas oleaginosas (castanhas, amêndoas, avelã, nozes);
● Frutas secas (damasco, uva passa, ameixa, figo);
● Frutas desidratadas (maçã, banana, abacaxi);
● Iogurte, coalhada (prefira os mais magros ou desnatados);
● Chá com torradas integrais com queijo branco;
● Sementes (girassol, abóbora);
● Chips de legumes assados (mandioquinha, inhame);
● Água de coco, sucos de frutas naturais (diluídos);
● Chá com biscoitos integrais sem açúcar;
● Snacks de legumes (em casa): cenoura baby, pepino, salsão, erva doce.

As informações contidas neste blog, não devem ser substituídas por atendimento presencial aos profissionais da área de saúde, como médicos, nutricionistas, psicólogos, educadores físicos e etc. e sim, utilizadas única e exclusivamente, para seu conhecimento.

Referência Bibliográfica:

Obesidade. Hospital Israelita Albert Einstein. Disponível em: www.einstein.br Acessado em: 31/03/2017.
Postar um comentário