quinta-feira, 28 de maio de 2015

Whey Protein






O que é WHEY?


A whey protein (soro do leite) é o subproduto parcial da fabricação de queijos, por coagulação da caseína, obtido pela adição de meios ácidos ou enzimas. Possui um alto valor nutricional conferido pela elevada concentração de aminoácidos essenciais presentes (Terada et al. 2009).

Fator importante da whey protein, é a alta concentração de Glutamina e BCAA, e com um relevante a mais, já que comparando grama a grama a whey protein com outras fontes de proteína, ela é a que fornece mais aminoácidos essenciais para o corpo, sem a adição de colesterol e gordura. Para se ter uma ideia, o valor biológico (absorção) do frango está em 79, do peixe 83, carne vermelha 80, ovos de 88 á 100 e laticínios como o leite e queijo chegam a 80 o seu valor biológico.

Para que serve o Whey Protein?

Em geral a whey protein veio para auxiliar a ingestão recomendada de proteínas diárias e minimizar o tempo perdido de uma ingestão de proteína sólida.


Tipos de whey

Whey Protein Concentrada:  Uma opção mais em conta financeiramente falando, já que o custo para elaboração dessa Whey é mais barato, pois ela passa apenas pelo processo leve de filtragem. Resultando em 70 a 80% de proteínas e dividindo o resto entre carboidratos e gorduras. Mas essa Whey Protein segue também com grandes quantidades de BCCAs e glutaminas.

Whey Protein Isolada: Sua concentração de proteínas é muito maior se comparada a Whey Protein concentrada, pelo fato de passar por um processo de filtragem muito maior. Resultando em até 95% de proteínas, em algumas marcas de Whey chega a ser zero a quantidade de carboidratos e gordura. Uma ótima opção para quem está em dieta de redução calórica, visando emagrecer ou definir.

Whey Protein Hidrolisada:  Além de passar por uma filtragem minuciosa, esse tipo de Whey Protein passa por um processo conhecido como hidrólise, onde é feita a quebra das cadeias proteicas em fragmentos menores. O que facilita e torna ainda mais rápido a absorção desse tipo de Whey Protein pelo organismo.
Proteína Time release:  Nenhuma proteína age tão rapidamente e é tão anabólica quanto a Whey protein. Mas agora no mercado temos os suplementos ricos em proteínas time-release que possuem vários tipos de proteínas que são ideais para serem consumidos antes de dormir e para os momentos em que você sabe que não poderá consumir proteínas por um período superior a 3 horas para evitar o catabolismo (perda de massa muscular). Estes suplementos fazem parte de uma nova geração de suplementos de alta tecnologia ricos em proteínas e de absorção mais lenta. Essas proteínas foram desenvolvidas em laboratório para serem liberadas aos poucos e manter um nível de proteínas sempre disponível no seu corpo, de modo a favorecer o crescimento muscular. Alguns estudos demonstram que essas proteínas time-release podem prevenir o catabolismo por até 8 horas. Os suplementos ricos em proteínas time-release são ideais para serem consumidos antes de dormir e para os momentos em que você sabe que não poderá consumir proteínas por um período superior a 3 horas.
Benefícios do Whey Protein 
Inúmeros são os benefícios do whey protein. De acordo com Terada e Colaboradores em seu estudo publicado na Revista Brasileira de Nutrição Esportiva no ano de 2009, três são os benefícios do whey protein em praticantes de exercícios com pesos. Uma maior facilidade para o ganho de massa muscular, favorecendo a recuperação e síntese proteica, redução da fadiga e aumento da lipólise (queima de gordura).

Além do mais os benefícios que o whey protein nos trazem no cotidiano são o maior controle de proteína por porção, praticidade e controle de tipo de digestão. O tempo de digestão se deve ao whey protein ser dividido em diferentes tipos de degradação e absorção.

Ingestão do Whey Protein

A quantidade de proteína que é recomendada varia de acordo com o ritmo que os indivíduos se exercitam regularmente. Indivíduos sedentários devem consumir em média 0,8g/Kg. Atletas que praticam semanalmente exercícios entre 60 minutos de 5-6 vezes por semana tem uma recomendação de 1,2 – 1,4g/Kg de proteína. Quando atletas são submetidos a esforços maiores que 60 minutos pela mesma frequência de 5-6 vezes por semana já se aumenta para 1,6g/Kg a quantidade de proteína. Para quem começa um treinamento de força rigoroso a ingesta aumenta ainda mais, dessa vez 1,8g/Kg (Biesek et al.2010).


Whey Protein engorda ou emagrece?

E pra quem acha que a Whey Protein é usada apenas para dietas de ganhos musculares, engana-se, porque ela é indicada também para quem quer emagrecer, sem perder massa magra. Pois ajuda a controlar os níveis de açúcar no sangue, saciando a fome mais rápida do que outras proteínas. 


As informações contidas neste blog, não devem ser substituídas por atendimento presencial aos profissionais da área de saúde, como médicos, nutricionistas, psicólogos, educadores físicos e etc. e sim, utilizada única e exclusivamente, para seu conhecimento.

Texto elaborado por: Fernanda Godoy Farto

Nutricionista pela Universidade de Caxias do Sul UCS.

Especialista em Nutrição Esportiva, Clínica e Estética pelo Instituto de pesquisas ensino e gestão em saúde IPGS.
Postar um comentário