domingo, 9 de outubro de 2016

Tudo O Que Você Precisa Saber Sobre Alimentação e Atividade Física



A relação da atividade física e da alimentação com a saúde é estudada há muitos anos, sendo que os resultados confirmam que a prática de atividade física regular e uma alimentação equilibrada, atuam diretamente na prevenção das doenças crônicas não transmissíveis.

Como é definida a quantidade de calorias que uma pessoa precisa consumir por dia?

O ideal é consultar um nutricionista. Isso porque a quantidade varia de pessoa para pessoa. O cálculo depende de fatores como idade, sexo, rotina, metabolismo e tipo de atividade praticada.

Há necessidade de ingerir repositores hidroeletrolíticos para complementar a hidratação de pessoas que fazem atividade física regularmente?

Para pessoas que fazem mais de uma hora de atividade física, ou que fazem atividade física intensa e intermitente por menos de uma hora, recomenda-se a ingestão de repositores hidroeletrolíticos. Para praticantes de atividade física, que visam apenas melhorar a qualidade de vida, só será necessário o uso dos repositores se esse indivíduo tiver uma perda de peso corporal durante a atividade física superior a 2%. Para saber se houve essa perda fazemos um cálculo: Peso inicial – Peso final x 100 = Peso final.

Quem pratica atividade física de moderada a intensa, precisa beber mais água?

Sim. Segundo a Sociedade Brasileira de Medicina Esportiva (SBME), em atividades prolongadas (por mais de 1 hora), a recomendação é: 

2 horas antes do exercício: ingerir de 250 a 500ml de água;

Durante o exercício: recomenda-se a ingestão nos primeiros 15 minutos e depois a cada 15 ou 20 minutos. A quantidade nesse caso, depende da taxa de sudorese (suor) do praticante da atividade física, mas varia de 500 a 2000ml/hora;
 
Após a atividade física: recomenda-se continuar a ingerir líquidos para compensar a perda de água através da urina e do suor.

Quais são os alimentos indicados para consumir antes e depois dos exercícios?

Ninguém deve fazer atividade física em jejum. Antes do treino, o ideal é consumir carboidratos com baixo nível glicêmico, como maçã, pera, damasco seco, mel, pão integral. Esses alimentos ajudam a regular a glicose no sangue, evitando quadros de hipoglicemia.

O ideal é comer uma hora antes do treino, consumindo mais carboidratos complexos e menos proteínas e gorduras. Isso porque o carboidrato é a fonte primária de energia, que retarda a fadiga, entre outros benefícios.

Depois do treino é recomendado o consumo de carboidratos de alto índice glicêmico (ex: pão de forma branco, suco de laranja, biscoito de água, manga, arroz branco, cereal de milho), juntamente com proteínas magras (queijo branco, iogurtes, atum). A refeição pós-treino é fundamental para restabelecer os níveis de energia utilizados para a realização do exercício.
Mas, novamente é importante ressaltar que cada pessoa tem uma necessidade diferente, que pode variar de esporte para esporte e de acordo com o objetivo pessoal (perder peso, ganhar massa muscular, fortalecer os ossos etc.).

Para pessoas que não são atletas profissionais, há necessidade de suplemento alimentar ou uma alimentação balanceada já é suficiente?

Em geral, não há necessidade de suplementação alimentar para indivíduos praticantes de atividade física. Uma alimentação saudável, equilibrada e que respeite o metabolismo da pessoa já é suficiente. Os suplementos alimentares servem para cobrir as necessidades aumentadas de nutrientes pela atividade física e melhorar o desempenho de atletas que visam à competição, portanto um indivíduo que não é profissional pode perfeitamente adquirir bons resultados com uma boa alimentação.

As informações contidas neste blog, não devem ser substituídas por atendimento presencial aos profissionais da área de saúde, como médicos, nutricionistas, psicólogos, educadores físicos e etc. e sim, utilizadas única e exclusivamente, para seu conhecimento.

Referências Bibliográficas:

Marcondelli, P; Costa, THM; Schmitz, BAS. Nível de atividade física e hábitos alimentares de universitários do 3° ao 5° semestres da área da saúde. Rev Nutr 2008; v.21, n.1, p: 39-47.

Nunes, AP. Tudo o que você precisa saber sobre alimentação e atividade física. Meu Prato Saudável. Disponível em: www.meupratosaudavel.com.br Acessado em: 06/10/2016.

Postar um comentário