quinta-feira, 14 de julho de 2016

Hidratação no Inverno



No inverno, é comum as pessoas sentirem menos sede e reduzirem o consumo de água. Porém, nessa época, é fundamental a boa hidratação para evitar as doenças típicas da estação, devido à predominância de baixa umidade do ar.

O Guia Alimentar para a População Brasileira, do Ministério da Saúde incentiva as pessoas a ingerirem, no mínimo, dois litros de água por dia no intervalo das refeições. E conta como porção de água suco de fruta fresca ou polpa congelada, sem a adição de açúcar.

De modo geral, aconselha-se a ingestão diária de 35 ml de água por quilo de peso para adultos saudáveis. Sendo assim, um homem de 80 kg deveria consumir cerca de 2,8 L de água por dia, podendo variar de acordo com a idade, atividade física e outros fatores individuais. Especialmente as crianças e os idosos, são mais vulneráveis à desidratação, devido à diminuição da sensação de sede comum nessa idade.

Chás, sopas, caldos também ajudam na hidratação por conterem água, além de fornecerem vitaminas e minerais ao organismo. Alimentos como melão, melancia, chuchu, pepino também contém boa parte de água em sua composição.

Não espere sentir sede para se hidratar, pois a sede já é um sinal de que o organismo está desidratado.

Apesar de a água ser insípida, algumas pessoas não gostam de beber água. Uma boa dica é aromatizá-la, colocando uma rodela de limão ou laranja, uma lasca de gengibre, um pouquinho de suco de uva integral ou algumas folhas de hortelã.

Para quem faz atividade física, é importante ingerir pelo menos 500ml duas horas antes. Nos intervalos, também se deve beber água para repor a perda de água do suor. A hidratação nesse caso é fundamental para evitar cãimbras e elevar a frequência cardíaca, que ajuda no desempenho da atividade física.

Além de todos esses benefícios, a hidratação correta ainda evita dores de cabeça, regula o intestino (pois no momento em que desidratamos, nosso organismo busca água nos nossos intestinos), alivia o cansaço, melhora a saúde da pele, auxilia na prevenção e melhora dos sintomas de viroses e gripes.

Texto elaborado por: Luciana Citroni Milanezi – CRN3: 27355.
Especializada em Nutrição Clínica e Metabolismo pela Universidade Gama Filho
Nutricionista na Clínica Tashiro – Cerquilho/SP
Nutricionista RT na Alimentação Escolar em Cerquilho/SP

As informações contidas neste blog, não devem ser substituídas por atendimento presencial aos profissionais da área de saúde, como médicos, nutricionistas, psicólogos, educadores físicos e etc. e sim, utilizadas única e exclusivamente, para seu conhecimento.

Referências Bibliográficas:    
                        
BRASIL, MINISTÉRIO DA SAÚDE. Guia alimentar para a população brasileira. Brasília, 2014. Disponível em: <http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/guia_alimentar_populacao_brasileira_2ed.pdf >. Acesso em: 02/07/2016 

BEGNAMI, M. A hidratação aumentando a qualidade de vida na Terceira idade. Disponível em: <http://www.portaleducacao.com.br/nutricao/artigos/47829/a-hidratacao-aumentando-a-qualidade-de-vida-na-terceira-idade> Acesso em: 02/07/2016.

ROCHA, Fernando. A importância da hidratação durante o inverno. Disponível em: <http://www.suacorrida.com.br/alimentacao/a-importancia-da-hidratacao-durante-o-inverno/> Acesso em: 02/07/2016.

Postar um comentário